Quando o assunto é gestão de uma empresa, como você gestor, faz para equilibrar números e sentimentos? Quantas decisões toma baseadas em números (reais, consistentes) e quantas toma por conta do seu ‘achismo’? Você segue algum método ou segue seus instintos?

Se existe uma habilidade que todo gestor deveria ter é com números. Saber transformar registros em dados, dados em informação, informação em estratégia, estratégia em ação, é uma sequencia que cerca a vida do dono de um negócio diariamente.

Acontece que, por mais racional que seja, muitos acabam colocando o coração na frente dos números. Essa emoção pode levar o empreendedor correr riscos maiores do que aqueles que ele já possui naturalmente quando assume a gestão de uma empresa.

Depois de trabalhar com mais de 400 empresas, atuando junto a donos, gerentes e executivos, pude constatar que existe uma proporção ideal entre a racionalidade e a emoção para o sucesso do negócio, a 80-20.

A racionalidade, através dos números, é o que mantém o negócio ativo e crescente. A emoção, através dos propósitos é o que mantém a chama acesa, mesmo nas adversidades. Ser dono de um negócio muitas vezes é ser julgado como frio e calculista, e está correto, o empresário de sucesso toma decisões impopulares, pois a emoção está presente nas pessoas na proporção inversa ao que se sugere na gestão de uma empresa. Como gestor você não irá agradar a todos. Conviva com isso.

A importância do felling na Gestão de uma Empresa…

O fato de dar mais atenção aos números, não significa que você deva ignorar outras variáveis, como por exemplo, o feeling, aquele famoso sentimento do ‘mas eu acho que…’. O feeling fez com que grandes negócios surgissem. Acontece, com muita frequência, uma confusão, entre o que é um feeling valioso ou apenas um sentimentalismo barato. Quando o gestor se acomete de um sentimento para algo, este deve buscar o máximo de informação possível. Deve pegar referências, fazer pesquisas, investir tempo antes de investir seu dinheiro.

Adotar uma metodologia de gestão facilita muito suas tomadas de decisão. Na teoria da administração temos muitas. Se fizer uma pesquisa rápida no Google encontrará milhares de artigos, dicas, ferramentas. Então, a informação está a sua disposição.

Se me permite uma sugestão, busque se aprofundar cada vez mais quanto a estatísticas e indicadores de desempenho, e menos em ‘achismo’ e ‘sentimento’. Você terá 80% de chance de êxito se seguir por esse caminho.

por ActionCOACH Gustavo Winkelmann