Aumentar ao longo do tempo o preço de varejo do que você comercializa, seja um serviço ou produto, leva à muitas perguntas sobre como seus clientes podem reagir. Continuarão a comprar de você ou irão para a concorrência?

 Como você sabe, elevar o valor final, é uma das estratégias que você pode usar para gerar mais receita e aumentar diretamente a sua margem de lucro, e como tudo no mundo dos negócios, há vários fatores que incidem nesta decisão. Como é colocado no mercado o produto que você comercializa ou serviço que você presta?

Se, se trata de um mercado onde existem muitos compradores e vendedores, então não tem um efeito significativo no preço nem em volume de produção. Você pode fazer pequenos aumentos não superiores a 10% e implementar estratégias para manter a lealdade de seus clientes.

 Tomemos o caso de meus animais de estimação para mantê-los limpos eu uso o serviço de pet shop. O proprietário do estabelecimento me explicou na seguinte vez que os contratei que seus preços subiram ligeiramente. Apesar disso não tive dúvida de continuar os contratando porque seus funcionários são muito agradáveis e atenciosos, o serviço é pontual, meus cachorros sempre chegam felizes, perfumados, limpos e eles levam meus cachorros para a minha casa, eu não vou mudar isso, por causa de alguns dólares a menos um outro local.

 Seu produto é único produto no mercado? Nesse caso, os consumidores são menos sensíveis a variações de preços, mas se você começar a aumentar os preços bem acima margens razoáveis, o público pode avaliar direcionar sua atenção para um substituto.

 Considere o mercado da Apple. Ela é única, e os consumidores todos os anos formam filas enormes para comprar os itens lançados no mercado.

 Na próxima vez que você considerar mudar seus preços, faça as contas. Calcule quanto mais (ou menos) precisará vender em relação como você está agora. Se parece razoável para o futuro. Caso contrário, mude para outra estratégia para gerar lucro. Se você fixar seus preços muito abaixo, você irá à falência! E se muito alto, você irá à falência! Para corrigir os preços muito baixos, você precisará de um volume muito grande de vendas (com uma margem muito pequena), mas não com lucro suficiente para cobrir suas despesas fixas. No caso de preços muito altos, mesmo se você ganhar muito com cada venda, você não terá venda suficiente para gerar renda ou lucro.

 Uma das considerações que você deve fazer para saber quando e quanto a aumentar, é ter claro qual é o ponto de equilíbrio do seu negócio. Em outras palavras, quantas vendas ou número de clientes tenho que gerar no dia ou na semana, para cobrir todos os meus custos e despesas? E a partir disso estabelecer o meu lucro. Não tenha medo de aumentar suas margens de lucro, se isto estiver dentro de um intervalo razoável, geralmente seus clientes aceitam e aqueles que se queixam, ou não compram mais, são, definitivamente, uma minoria sem muito impacto em seus números.

Por ActionCOACH María Inés Morán