Empresário: Você sabia que 70% das Empresas Familiares não passam da segunda geração ou desaparece enquanto o processo de sucessão está em curso?

Torne a sua empresa uma daquelas que conseguem.

Empresas familiares muitas vezes são vistas como algo muito complexo e difícil de gerir, no entanto na América Latina e em todo o mundo cerca de 80% das empresas são familiares.

Embora seja verdade, tem certas características distintas, existe o caminho certo para fazê-las crescer.

Algumas das características que poderíamos mencionar são:

  1. Valores muito arraigados.
  2. Pensa-se normalmente em longo prazo.
  3. Pensa-se em nome da Família.
  4. O dilema da Afetividade V.S. Efetividade.
  5. A não divisão Família-Trabalho.

Qual é o caminho para alcançar a transcendência de sua empresa familiar?

O primeiro ponto chave é que todos os membros da família tenham totalmente claro onde eles querem levar o seu negócio e quais são os pontos comuns que os unem. Tudo isso por escrito.

Depois que fazer um exercício onde há clareza dos pontos fortes e áreas de oportunidade para cada um dos membros.

Tendo feito isso, devemos aplicar o que chamamos na ActionCOACH 6 Passos para que a sua empresa transcenda Gerações.

1.Domínio

Quando falamos de Domínio falamos de Controle do seu Negócio e Controle em quatro grandes áreas:

  1. Futuro: Para onde eu quero levar o meu negócio, qual é a visão e Planejamento de como alcançar concreto e por escrito.
  2. Dinheiro: Você como proprietário de Negócio não deve ser um expert em Finanças, mas deve gerir alguns conceitos de maneira totalmente prática.
  3. Tempo: É o recurso mais valioso e se deve dominar e não ser dominado por ele.
  4. Entrega: Utilizamos aqui a seguinte frase “não faz sentido girar a chave se não tapamos primeiro as fugas”. Cada Negócio em suas particularidades tem fugas diferentes.

2.Nicho

No segundo passo devemos nos focar no nosso Nicho e trabalhar em dois pontos:

A) Qual é a sua Proposta Única de Venda, o que a sua Empresa faz que a torna diferente da concorrência? Pode ser que hoje você a tenha ou não, mas deve desenvolvê-la e torná-la conhecida internamente (equipe) e externamente (público) da Organização.

B) Definir, implementar e executar um plano comercial sustentável, com uma série de estratégias e táticas que lhe façam ter crescimento que garanta um fluxo de caixa previsível.

3. Alavancagem

Este terceiro passo não é uma alavancagem financeira, mas sim em sistemas. Você deve definir perfis de trabalho, procedimentos, regras claras de trabalho e uma série de pontos que buscam minimizar os maus entendidos. Pretende-se que as pessoas saibam o que fazer revendo toda essa informação.

Se você não colocar as coisas por escrito, você vai ser obrigado a fazê-las para sempre, se você colocá-las por escrito, alguém poderá ajudá-lo. Devem-se sistematizar todas as atividades de rotina, mas humanizar as exceções.

Um ponto chave em um negócio de família é definir um Protocolo Familiar que é um documento legal onde se cria normas sobre a relação trabalho-família do Negócio.

Através dos anos eu descobri que a questão da sistematização é algo que em geral custa para os empresários. Uma frase muito comum é: “Eu faço melhor e mais rápido.” Claro que é mais rápido hoje, mas amanhã?, Em um ano, cinco, dez ou vinte anos? Você vai continuar fazendo-o?

Neste passo também se deve trabalhar duro na medição, algo que muitas pessoas geralmente não gostam. No entanto, se você não mede, não controla e se não controla, não melhora.

4. Equipe

Equipe é a estrutura (de pessoas) que deve apoiar o crescimento de um negócio. Em minhas muitas conversas com os empresários eu digo “Eu vou fazer uma afirmação para ver quem concorda comigo: A coisa mais fácil nos negócios é lidar com pessoas.” Claro que imediatamente eles dizem que não.

Efetivamente liderar pessoas (a equipe) não é fácil, mas existem ferramentas que usamos para isso.

Você deve ser claro sobre o perfil de trabalho necessário, fazer alguns testes psicométricos antes de contratar e ter um bom processo de recrutamento. Agora, depois de ter feito isso não significa que o sucesso é garantido, porque é apenas uma das três fases de uma contratação bem sucedida:

      1. Um bom processo de recrutamento, contratando uma pessoa com o Perfil indicado.
      2. Uma boa adaptação da pessoa nova à Equipe a adoção da pessoa à Equipe.
      3. Que a pessoa dê os resultados esperados.

Para se dar o ponto B e C, há toda uma série de questões que sua empresa deve ter: Uma cultura alinhada com o que esperam os proprietários, medições dos trabalhadores por meio de Indicadores, Avaliações de Desempenho, Planos de Motivação, Medições de Clima Laboral entre outros.

5. Sinergia

Neste ponto, tendo definido os quatro anteriores, você como o proprietário, juntamente com sua equipe e com o apoio de um Coach, devem pensar sobre a sucessão.

Quando você procura alguém para gerir o seu negócio como você definiu com sua equipe e seu Coach. É hora de trazer seu filho, filha, sobrinho etc. ou se você não tem um sucessor, contratar um gerente geral.

Muitos proprietários de empresas cometem o erro de sucessão ou contratam um gerente geral sem ter dado os quatro passos anteriores. Na maioria dos casos eles acabam descartando o Gerente Geral ou este renuncia porque não se entendem. O Gerente vai para um lado e o proprietário vai para o outro.

A parte complicada é quando não é um gerente geral, mas sim um filho ou membro da família. Aqui existe o dilema do Afeto, que sempre terá mais peso do que a eficiência. Aqui é onde começa a maioria das diferenças e onde a maioria das empresas falha.

Agora, mesmo que o seu filho já esteja envolvido no negócio, se você não trabalhou nestes passos, faça-o agora, hoje é o dia de começar.

6.Resultados

O passo Resultado acontece quando você já definiu os quatro primeiros pontos e tem um sucessor administrando o seu negócio, como você quer que ele seja administrado, com os esquemas de controle e medição adequados, com a prestação de contas corretas.

Aqui é onde você vai gastar menos tempo na operação do Negócio e vai passar mais tempo em outras coisas como em outra empresa, descansando e etc.

Todos os passos acima têm como base a definição de Negócio da ActionCOACH: “Um negócio é uma Empresa Comercial, Rentável que funciona sem Você”

 

Por ActionCOACH Roger Campos |Costa Rica

Voltar