Atualmente, a principal queixa dos empresários se dá em não ser capaz de conseguir funcionários fiéis, trabalhadores, que permaneçam, que façam horas extras sem reclamar e que realmente se concentrem em suas tarefas.

Eu comecei a pesquisar mais sobre este assunto, porque me pediram um Workshop sobre “Como Gerenciar Millennials”, foi quando decidi chamar Baby Boomers x Millennials, e para ser imparcial neste confronto, atentei-me para ambos os pontos de vista:

Qual é a opinião dos Baby Boomers e da Geração X acerca dos Millennials:

“Grosseiros, egoístas, arrogantes, fora de contexto, não respeitam a autoridade, difícil de lidar, desatentos, querem viver como reis sem mover um dedo, acreditam que merecem tudo, querem sair mais cedo, não entendem como funcionam as coisas na vida real, acreditam que tudo é fácil, vivem usando o telefone”.

Vejamos agora qual é a opinião dos Millennials, sobre os “Velhos” (que, a propósito eles NÃO distinguem que somos 2 gerações: Baby Boomers e Geração X, para eles somos os “Velhos”) e vejam que surpresa:

“Eles são lentos em tudo, inclusive na tomada de decisões. Eles fazem reuniões intermináveis, eles são fechados e só querem fazer as coisas como dizem, não sabem aproveitar a vida, vivem para trabalhar e não para viver, se preocupam apenas com o dinheiro, eles gostam de enviar e-mails em vez de um WhatsApp que é mais rápido. Eles não falam claramente sobre o que estamos fazendo ou se eles estão gostando de algo ou não, querem que os respeitemos por sua posição e pela sua idade e nada mais, tudo é difícil, eles não sabem como ser líderes “.

Aprendendo a lidar com os Millennials…

Definitivamente, temos um Grande Conflito entre Gerações que temos que resolver para o bem de nossas empresas, então aqui vai algumas dicas para nós, “os Velhos”.

1. Reconheçamos que eles são diferentes, que eles pensam de forma diferente, que querem coisas diferentes e que os nossos motivadores vão à direção contrária.

2.  Coloquemos os sapatos dos outros antes de julgar, e criar estereótipos.

3. Os Millennials, apesar de sua melhor experiência acadêmica, carecem de experiência, que a nós sobra… Permitamo-nos compartilhá-la.

4. Assim como quando éramos jovens e não sabíamos o que queríamos, os Millennials estão pedindo ajuda, eles precisam de um líder que lhes dê um emprego, eles precisam de um mentor para acompanhá-los em seu desenvolvimento profissional dentro da organização.

5. Sejamos flexíveis nas “Novas Condições” que os jovens tem solicitado: Flexibilidade de Horário, HomeOffice, Ser avaliado por resultados e NÃO pelo processo, tampouco pelo tempo que leva para fazer a tarefa (as longas horas de trabalho não caminham mais com eles).

6. NÃO vamos dar ordens, vamos “Persuadi-los”.

7. Que suas reuniões não durem mais de 15 minutos, depois disso NÃO prestarão mais atenção em você.

8. Tome decisões mais rapidamente, sem ter medo de errar.

9. Aprenda a distinguir: nem todos são preguiçosos nem todos têm uma atitude ruim, encontre os bons.

10. Entenda que sua autoridade não vale nada, você deverá comprovar isso.

11. Feedback constante e frequente, eles estão acostumados com as “Curtidas” rápidas das redes sociais.

12. Não os repreenda, a chantagem emocional funciona melhor neles.

13. Quebre o orgulho e explore a nova ideia que eles propõem a você.

14. Admita sua ignorância em certas questões e deixe que o Millennial esclareça.

15. E, por fim, esteja também interessado em seus assuntos particulares, pois eles também têm um coração.

PS: Não olhe para eles como uma ameaça, se conseguirmos liderá-los corretamente, vamos ganhar a TODOS…

Por ActionCOACH Carlos Alvarado/ Guatemala

Voltar