Por  ActionCOACH Luis Claudio de Oliveira / Brasil

O ano de 2016 não foi o primeiro a apresentar desafios às organizações de pequeno e médio porte. Desde 2014, muitas empresas já vinham lidando com a necessidade de fazer ajustes em busca de maior eficiência. Em 2017 os ajustes se mantiveram, mas o principal desafio das empresas foi se adequar à nova realidade da economia com a mesma estrutura enxuta e a consequência observada em pesquisas, foi 23% de aumento da receita líquida por funcionário resultado da maior eficiência. Quando os recursos são escassos os critérios de investimento são maiores e a priorização esteve voltada em garantir maior produtividade, lançar novos produtos e serviços. Uma cultura aberta a novas perspectivas na solução de problemas vem ganhando espaços engajadas em práticas de inovação via tecnologia ou política de reconhecimento de funcionários que contribuem com ideias inovadoras.

O Brasil esta quebrando paradigmas, a economia brasileira já vem apresentando sinais de recuperação desde o final de 2017, as projeções do PIB de 3,1 % para 2018 e 4,3 % para 2019 justificam um maior grau de otimismo do que de preocupação, baixa inflação com o IPCA para o final de 2018 na faixa de 3,3 % e de 3,7 % em 2019; baixa taxa CELIC em 2018 na faixa de 6,50% a.a. até meados do primeiro semestre de 2019, finalizando 2019 em 8,00 %. Na administração pública com maior transparência e ajustes estruturais; na igualdade perante a justiça com os votos impares das duas mulheres presentes na suprema corte (Supremo Tribunal Federal); com o combate a impunidade e a corrupção.

Todos esses fatores criam um momento positivo de segurança jurídica, de credibilidade, do funcionamento das instituições (Executivo, Legislativo e Judiciário) e de recuperação geram expectativas positivas que podem acelerar investimentos represados, utilizar a capacidade ociosa e com isso aumentar as oportunidades de negócios para as empresas.

As próximas eleições serão marcadas por este padrão de mudança, um novo presidente, novos governadores, e representantes (senadores, deputados federais e estaduais), serão “cobrados” a praticar uma política alinhada ao novo status-quo.

Agora, voltando para a realidade de todos os donos de negócio que enfrentam os obstáculos e agarram-se as oportunidades no dia-a-dia, responda sinceramente se como empreendedor você se preocupou com:

  • Estabelecer Metas?
  • Conhecer seus concorrentes?
  • Divulgar seus diferencias?
  • Encantar seu cliente?
  • Gerar maior Lucro?
  • Melhor utilizar seu tempo?

Para aqueles que responderam todas as perguntas com um “sim” os próximos anos serão um terreno fértil em oportunidades de crescimento, fusões, aquisições e expansão para novos investimentos.

Para aqueles que responderam com pelo menos um “não”, eu posso garantir que existe espaço para melhorar hoje a maneira como seu negócio é gerenciado. Diferente das empresas tradicionais a ActionCOACH tem seu foco nas PMEs e está estruturada para lhe dar assistência a curto ou longo prazo, por meio de um sistema orientado a resultados. Com mais de 15 anos ensinando a empresários sobre como alcançar grandes resultados, mais de 54.390 clientes e 550 mil participantes em seminários, comprovaram o poder destes programas.

Qual é o melhor momento para você começar? Agora mesmo, hoje, neste instante! Antes de dar outro passo, desperdiçar mais dinheiro, perder outra venda, trabalhar demasiadas horas a mais, perder outro evento familiar e esquecer outra ocasião especial.

Muitos empresários esperam e observam, pensam que trabalhar mais fará com que tudo saia melhor. Lembre-se de que o que você sabe e tem feito o levou até onde está. Para chegar aonde quer ir, terá que fazer algumas mudanças e, com certeza, aprender coisas novas.

Não há momento melhor do que o presente para começar a realizar seus sonhos e metas.