Por ActionCOACH Juan de Dios Retamoza / México

Em 2014, meu pai (RIP) me deu conselhos sobre como cuidar do dinheiro (despesas) nos negócios. Em uma época em que eu viajava muito por uma empresa global, costumava pedir que minha passagem de volta fosse comprada à outra cidade que não era onde eu morava, para aproveitar e visitar minha família, amigos ou apenas diversão. Até que, ética profissional, decidi não fazer, porque achava que abusava dos recursos e aquilo me incomodava, por mais que isso não representasse um gasto maior para o orçamento, já que a empresa tinha que me pagar uma passagem de volta para alguma cidade. Foi quando meu pai me disse: “Não cuide do orçamento que já foi gasto e menos se o dinheiro que você está usando é para investir em você … É preferível investir e ganhar com o dinheiro de outra pessoa, do que com o seu”. Aquilo me fez pensar, mas hoje tenho minhas próprias empresas, percebo a importância que o jogo do dinheiro no papel do proprietário, gerente geral, CEO, diretor … ou qualquer outro encarregado dos resultados da empresa, sejam eles pequenos, médios ou grandes.

Neste artigo, quero compartilhar os erros X que você não deve cometer com dinheiro e, se trabalhar neles, você pode aumentar seus lucros e, acima de tudo, ter um negócio (empresa comercial lucrativa que funciona sem você)

  1. Usar o fluxo de caixa de sua empresa, como se fosse sua carteira: determine seu salário como proprietário, uma porcentagem de bônus do dinheiro após as despesas, dividendos para os lucros e uma renda passiva para o aluguel do imóvel (o último, se aplicável e é seu).
  2. Deixar os relatórios para o contador (interno e externo): defina datas para que você possa rever esses relatórios, mas o mais importante … EDUCAR financeiramente falando, o único responsável pelos números e os mais interessados, você. Se você puder entender isso bem, poderá saber onde está seu dinheiro, rastrear cada centavo nas diferentes etapas e, o mais importante, poderá tomar decisões.
  3. Não colocar números nos planos de ação: Hoje em dia, os dois principais objetivos dos proprietários têm a ver com gerar riqueza (tempo, dinheiro e bem-estar), mas gostamos muito de fazer nossos planos de ação e não colocar concretamente o que eu quero ganhar. Se o que eu quero é ganhar $ 1,000,000 de reais e hoje eu ganho $ 100,000 … coloque, escreva, imprima e coloque em um lugar visível, não tenha medo, se você não colocar, ninguém vai fazer por você. Como Brad Sugars diz: “A obsessão não é uma doença, é um presente”
  4. Gastar todos o lucro: Lembre-se de que é necessário investir nos negócios, melhor ainda, você precisa diversificar. Nem tudo é despesa, nem tudo é economia, defina como você deseja gerenciar seu dinheiro, aproveite, divirta-se e faça-o crescer. O que você prefere ter?
    1. 1 Negócio com 100% das ações
    2. 100 Negócios com 1% das ações

Os negócios e vida são jogo de números, se você sabe embaralhar bem seus centavos, você pode tomar decisões (às vezes você ganha e às vezes perde). É necessário saber onde e quando investir esse dinheiro, assegurar-se de que não está cometendo erros e se colocar em ação o mais rápido possível.

Termino aqui com uma frase de Benjamin Franklin: “Lembre-se: Tempo é dinheiro”.