Oferecer um bom serviço nem sempre é o suficiente para obter reconhecimento no mercado. Você precisa estar em evidência também. Em tempos em que a era digital figura como um espaço fundamental para os negócios, a internet aparece como uma grande aliada — e as redes sociais como uma vitrine.

Uma pesquisa da Secretaria de Comunicação Social (Secom) de 2015 aponta que os internautas, no geral, acabam ficando uma boa parte de seu tempo em redes sociais, o que torna esses sites muito importantes em estratégias de marketing digital.

Mas esse mercado tem suas particularidades. Não basta criar um perfil em uma rede dessas para gerar faturamento na mesma hora. Em primeiro lugar, é preciso levar em consideração onde está o seu público e qual é o seu objetivo com a presença digital.

No post de hoje, descubra qual é a melhor rede social para a sua empresa.

Facebook

Os recursos presentes nessa rede vão desde fotos, até vídeos e textos. Essa variedade de recursos permite engajar diferentes perfis, mas é preciso ter um cuidado que pode parecer bem básico: criar uma página — e não um perfil.

Páginas podem ser curtidas — e isso gera uma métrica importante que é o número de likes. Além disso, esse formato permite ampliar os investimentos e o alcance das postagens por meio de post patrocinados.

Essa rede é muito útil para negócios B2C, já que a interface da fan page é bem intuitiva e de fácil administração pois possui muitas ferramentas para ajudar administradores.

Twitter

Apesar da limitação de 140 caracteres dos posts, um usuário pode também tweetar fotos e vídeos, assim como seguir outros perfis. Ou seja, a finalidade dessa rede é realizar uma interação rápida e direta, servindo para divulgar promoções e novidades — ou para narrar algum acontecimento em tempo real.

Por isso, essa rede é recomendada apenas para empresas que podem atualizar informações de forma frequente. Fazer apenas um post diário é fatal para o perfil porque, se o usuário estiver seguindo outras marcas e pessoas, seus tweets “desaparecem” em meio aos demais.

Instagram

Esse aplicativo permite a postagem de fotos e de pequenos vídeos de  no máximo 15 segundos. Por permitir a veiculação de materiais desse tipo, essa rede tem sido usada como plataforma de vendas — tanto é que outra vantagem do Instagram é a possibilidade de investir em anúncios patrocinados.

O Instagram é bem útil para empresas cujos produtos possuem apelo visual, como lojas de roupa, restaurantes etc. Mas essas imagens devem ser muito bem trabalhadas. Por isso, é fundamental contratar um bom profissional para produzir cada uma delas.

Snapchat

Essa rede compartilha vídeos e fotos que desaparecem segundos depois de serem enviados. É possível mandar imagens de três maneiras: escolher um destinatário específico, enviar para uma lista de amigos ou deixar o conteúdo disponível 24 horas para seguidores.

O Snapchat é muito útil para atingir um público que permanece mais tempo conectado nos seus dispositivos móveis. Ações de marketing voltadas para essa rede devem levar em consideração o “tempo útil” dos conteúdos, já que eles somem assim que são visualizados.

Pinterest

Essa rede consiste em criar painéis de imagens na internet. A colocação de um marcador (pin) por parte do usuário as deixam visíveis no seu painel e se torna mais visível em ferramentas de busca no site. Outro recurso são as coleções — os agrupamentos de publicações em várias categorias, como receitas, roupas, referências, inspirações. Elas funcionam como vitrines.

Como se não bastasse isso tudo, ainda é possível comentar, curtir e compartilhar marcações, por meio dos pins “Quero comprar”, “Quero fazer” e “Demais!”, por exemplo.

YouTube

Além de publicar os vídeos, essa rede social permite “curtidas” e “compartilhamentos”. A descrição do vídeo também permite a colocação de links para outros, o que aumenta o tráfego em um canal. Mas tome cuidado para não compartilhar vídeos no Facebook: são redes rivais que são programadas para não divulgarem postagens uma da outra.

O YouTube é ótimo para empresas que trabalham com produtos que podem gerar muitos vídeos — isso acontece especialmente com equipamentos tecnológicos. Treinamento, tutoriais (de como usá-los), comparações com outras marcas — é só deixar a criatividade falar mais alto!

Pronto! Essas são algumas redes sociais para aplicar suas estratégias de marketing digital! Você já criou uma página ou um perfil da sua empresa em alguma delas? Tem mais alguma sugestão? Conta pra gente nos comentários.

Celio Melim Jr.
Coach de Negócios
ActionCOACH SC
(47) 3028-1806 / (48) 8405-1800
www.actionworks.com.br