Uma das primeiras coisas que você aprende no Coaching de Negócios é encontrar o seu “porquê”. É o mesmo para qualquer empresário. Não é tanto sobre o que você deseja alcançar, mas porque você deseja alcançá-lo. Isso leva você a estabelecer metas claras e significativas que são fáceis de quantificar, compreender e comunicar.

Para alcançar o sucesso, você deve começar com o fim em mente. Vamos fazer uma analogia com a direção.  Você não irá iniciar sua viagem a menos que você tenha definido o destino em seu GPS ou consultado o mapa para confirmar como chegar ao destino selecionado. No entanto, há outra questão mais importante que também deve ser considerada: por que eu estou indo para este destino? Esta é a mesma ideologia que você deve aplicar ao seu negócio – esclarecer o seu “porque” vai informar “onde” você irá levá-lo.

Objetivos de Negócio: Começando com Por Que em Termos de Comunicação com o Cliente

Simon Sinek fala sobre começar com o porquê em termos de comunicação com o cliente. Este é o “porquê” externo e permite que você o vincule ao que você faz, através de como você faz as coisas, e crie melhores mensagens de marketing para serem usadas para adquirir e desenvolver clientes. Este “porquê” externo é um requisito fundamental para alcançar o sucesso do negócio. No entanto, o “porquê” interno deve ser esclarecido e entendido para garantir que o seu compromisso de alcançar o sucesso permaneça alto e para criar impulsionamento e direção para o seu negócio. É exatamente por isso que o porquê é tão importante para definir suas metas de negócios.

Existem dois tipos de objetivos. Há os “objetivos de fuga” –  aqueles criados pela insatisfação em que você está agora, ou desespero. Há também “objetivos de direção”-  aqueles criados por uma visão de onde você quer estar, ou inspiração. A história mostra que onde os “objetivos de fuga” são a principal razão pela qual se faz algo é provável que haja uma diminuição no impulsionamento ou entusiasmo para as atividades necessárias para manter a melhoria, uma vez que os ganhos iniciais ou sucessos foram alcançados. Isso acontece porque a situação melhorou e assim os objetivos não são tão fortes, o que leva a entrar na zona de conforto. Uma vez na zona de conforto nenhuma melhoria a longo prazo é feita. Geralmente, os ganhos a curto prazo são seguidos por perdas a curto prazo e o status quo é mantido, ou um declínio gradual ao longo do tempo é observado.

Objetivos de Negócios: Defina “Objetivos de Direção” Claros

A única maneira de sair ou evitar entrar na zona de conforto é definir “objetivos de direção” claros, significativos e relevantes. Estes podem ser financeiros, materiais, experienciais, emocionais (como o orgulho em conseguir algo). Seus objetivos também podem ser direcionados para melhorar a vida de outros ou impactar sua comunidade. Seja qual for a forma que esses objetivos tomem, entenda que é a manifestação de seu “porquê” interno.

Então, quão bem você entende o seu objetivo “interno”  de negócios e quão bem o seu negócio está alinhado para atingi-lo?