Por ActionCOACH Eduardo Cambil/ Espanha

É uma representação fictícia do seu cliente ou clientes ideais. Poder definir a nossa Buyer Persona nos ajuda a determinar quem são os nossos clientes e como funcionam as informações importantes que utilizaremos para orientar todos os nossos esforços para satisfazer as necessidades e conquista-los.
Como a definição de Buyer Persona pode ajudar minha empresa?

Algumas aplicações interessantes:

• Para orientar minha campanha de marketing
• Saber por qual meio me comunicar com eles
• Ter um bom guia de serviços de desenvolvimento de novos produtos, levando em consideração seus comportamentos e necessidades
• Ter um protótipo do que seria meu cliente ideal
• Resumindo, conhecer muito melhor o meu cliente ideal
• Saber como vender melhor e o quê.

Qual é a diferença entre Buyer Persona e nosso público-alvo
A diferença é que para a definição da nossa Buyer Persona, não levamos em consideração apenas suas características sociodemográficas, mas também conhecer o que se passa em sua mente, qual é sua dor, o que os preocupa, o que esperam de seus fornecedores, como podemos superar suas expectativas, elementos que nos ajudarão a entender melhor nosso cliente.
Como criar uma Buyer Persona
É muito simples, basicamente o ponto é fazer perguntas adequadas às pessoas adequadas.
Uma boa estratégia é levar em consideração o perfil do seu cliente atual e filtrar aqueles que mais te proporcionam benefícios, com a ideia de que os leads que chegam até você são todos desse perfil. E o que perguntaríamos?

Perguntaríamos coisas do tipo:

• O que preocupa você.
• Quais são seus objetivos.
• Como você costuma acessar as informações.
• Como se relaciona com a família e amigos.
• Que problemas reais você enfrenta e quais necessidades você tem dia a dia?
• O que te faz rir e com quais causas você está comprometido?
• O que você espera do seu provedor.

Quanto mais detalhadas e orientadas para os negócios forem as perguntas, mais informações obteremos e maior valor elas terão.
Se nosso negócio fosse uma loja de tecidos, definiríamos nosso público-alvo da seguinte forma:
Estilistas, costureiras, donas de casa, alfaiates, oficinas de costura que precisam de tecidos para fazer roupas ou enxoval e que moram em nossa cidade.
Podemos definir nossa Buyer Persona como:
Maria. 40 anos, costureira, casada, 3 filhos na escola, estudou corte e costura, trabalhou como aprendiz por 8 anos, montou uma oficina onde faz vestidos de festa e tem 2 pessoas trabalhando para ela. Gosta de tocar nas roupas e verificar a qualidade, é exigente, precisa que o material esteja disponível quando começa a costurar. Ela faz cerca de 40 vestidos por ano, seus clientes são mulheres de ricos empresários, o vestido custa em média R$ 3.000. Seu nível de renda é de R$ 30.000. Ela mora no centro, seu ateliê fica perto de sua casa. Ela costuma ler revistas como Vogue, Telva, Hola, segue as grandes modelos nas redes sociais, escuta rádio FM 99.1 e assiste a reality shows e desfiles de moda. Ela pertence a uma associação de mulheres que ajuda pessoas com deficiência e gosta de sair com a família.
Com esta definição podemos compreender muito melhor os nossos clientes e realizar ações de recrutamento ou fidelização. Personalizamos e aprofundamos mais os interesses de nossos clientes e podemos entendê-los muito melhor.
Na Action Coach, ajudamos você a construir sua Buyer Persona e entender melhor seus clientes, o que se traduzirá em vendas e lucratividade ainda maiores.