Muitas vezes encontramos donos de empresas que ainda têm uma mentalidade de empregado.

Para alguns é porque eles eram empregados antes de iniciar seus próprios negócios e não conseguem mudar o hábito e enquanto que outros caem nessa situação de forma inesperada e não conseguem mais sair dela.

Se você está nessa situação, é hora de lembrar por que você começou o seu negócio.

O sonho…

  • Mais liberdade
  • Fazer melhor do que o seu antigo patrão
  • Segurança financeira
  • Escolha
  • Autonomia
  • Equilíbrio entre vida profissional e vida pessoal
  • Porque você não quer apenas um emprego!

No entanto, a realidade é muitas vezes …

  • O que menos ganha no negócio
  • Se sente culpado quando não está no trabalho
  • É o que dedica mais horas no negócio
  • Sem liberdade
  • Fazendo um trabalho que não agrega valor ou que você não gosta de fazer.

Frequentemente os empresários subestimam o seu valor e fazem o trabalho para o qual eles têm os funcionários.

Portanto, tente este exercício abaixo.

Anote todas as coisas que você faz, mas coloque-as em caixas classificando de acordo com o nível de habilidade e valor aos negócios.


Cada vez mais a gente descobre que há empresários que poderiam ganhar milhares de reais para o negócio quando eles estão fora em reuniões com clientes ou mesmo no escritório trabalhando estrategicamente para o negócio.

Mas perdem esse tempo porque eles estão fazendo tarefas administrativas que poderiam terceirizar para alguém que custa muito menos ou passar o trabalho para alguém da equipe. Não é mesmo insano?

Às vezes precisamos parar e olhar onde nós agregamos mais valor ao negócio. O que nós precisamos fazer mais, que os resultados serão melhores. E o que nós precisamos parar completamente de fazer para garantir melhor desempenho da empresa.

Pare de sentir culpado por ter deixado o trabalho para sua equipe fazer, enquanto você está ocupado em fazer crescer o negócio. Afinal é para isso que você construiu uma equipe em torno de você, não é mesmo?

Está na hora de voltar a cair de amores pelo o seu negócio e começar a pensar como proprietário de uma empresa focado em agregar valor e não ser engolido pelo negócio por causa da economia de um salário.