Ser vendedor é uma habilidade que se aprimora. Um fator importante, para quem realmente quer aumentar o desempenho, nas vendas é a capacitação contínua. O mais comum é encontrar vendedores que mais improvisam do que realizam um processo de maneira contínua e crescente.

A comissão sobre vendas é o principal indicador de quão preparado e habilidoso é um vendedor, com “V” maiúsculo. Aqui vão seis etapas que irão garantir um aumento na sua comissão:

  • Auto avaliação: O ponto de partida é saber como você se encontra. Talvez você seja o melhor vendedor da sua empresa, mas não significa que é bom para o mercado. Procure fazer uma auto avaliação sobre seus conhecimentos em vendas, habilidades de negociação e atitudes de pessoas acima média.

 

  • Networking: Se precisa de referências, precisa ir atrás delas. Participe de seminários, feiras, cursos e fóruns de discussão na internet. Com amizades agregadoras você poderá perguntar sobre técnicas de fechamento que utilizam, contorno a objeções, principais negociações realizadas, erros cometidos e por aí vai. Vivendo somente seu “mundinho” as referências serão sempre menores.

 

  • Identifique seus indicadores de desempenho: Vender é a consequência de um processo. Quando este for identificado, estruturado e monitorado, seus resultados são expressivos. Quantos clientes você atender por dia? Quanto tempo leva, em média, em cada atendimento? Quantas perguntas chaves você faz durante seu processo de vendas? Quantas vezes você tenta fechar a venda antes de, efetivamente, fechar?

 

  • Defina suas metas: Se está em uma empresa, minimamente, profissional, é provável que você tenha metas de vendas. Porém, quando você define suas metas, elas se tornam mais interessantes. Ninguém gosta que imponham algo, mas impor-se, por sua própria vontade e necessidade, é um propulsor do seu desempenho.

 

  • Tenha sonhos: Qual é, realmente, o seu sonho? O que pretende lá na frente quando atingir várias vezes suas metas de vendas? Uma viagem, um curso, um carro, uma casa, casar? As metas servem para não perdermos o foco. Os objetivos servem para não perdermos a expectativa. Os sonhos servem para não perdermos a felicidade.

 

  • Volte para a primeira parte: Após passar pelas cinco etapas anteriores, retorne para sua auto avaliação. O processo deve ser organizado, planejado e contínuo. Não faça parte da mediocridade que encontramos no mercado. Ser acima da média não está tão difícil, mas pouca gente se dispõe a chegar lá.

 

É hora de entrar em ação!

Conte comigo!

 

Gustavo Winkelmann

Business & Executive Coach

ActionCOACH Paraná

[45] 3029 4778 / 9 9993 0987

www.actioncoachparana.com.br